GESE

SINTECT - PE

RÀDIO DO BLOG

About Me

Minha foto
Ozeias José de Santana
Visualizar meu perfil completo

OZEIAS E ERICSON ( SOLDADO).

OZEIAS  E  ERICSON ( SOLDADO).

CDD PRAZERES

R.ESTRADA DA BATALHA 492- PRAZERES
JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE
FONE-81 3378-0105
54315-010

CLIMA E TEMPO

DIGNOW

FENTECT

Jornal da FENTECT

Total de visitas

Globo de Visitas

DESTAQUE.

Quero parabenizar o carteiro Paulo Cesar , por ter atuado brilhantemente como supervisor interino, durante as férias de Júnior.

APOIO

Frigo Frango Av. Princs Isabel, 869 - Centro, João Pessoa - PB, 58013-251 (83) 3241-1309
GRANJA PROGRESSO - JOÃO PESSOA - PB
GRANJA SANT"ANA - SANTA RITA - PB

DELEGADO SINDICAL

PAULO CEZAR - Sempre nos mantendo informado sobre tudo o que acontece no SINTECT- PE

TUDO SOBRE O ESPORTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ANIVERSARIANTES DO CDD

EUDES BARBOSA 17/08
MANOEL SIMÃO 09/09
MARCOS VINICIUS 04/11
OZEIAS 29/12
DENNYS 02/01
ERICSON ( SOLDADO) 13/01
JOSENILDO 22/05

DESTAQUE DA SEMANA

QUERO PARABENIZAR O COLEGA MAURICIO , POR TER SE PREOCUPADO COM A ORGANIZAÇÃO DAS CORRESPONDÊNCIAS DO DISTRITO 218 APÓS A TD ( TRIAGEM POR DISTRITO ) NA MINHA AUSÊNCIA , POIS FACILITOU MUITO MEU SERVIÇO NO DIA SEGUINTE. UMA ATITUDE LOUVÁVEL QUE DEVE SER SEGUIDA POR OUTROS.



OZEIAS - CARTEIRO

AGRADECIMENTO

AGRADEÇO A RINALDO NASCIMENTO E HÁLISSON , POR COLABORAR COM INFORMAÇÕES MANTENDO O BLOG SEMPRE ATUALIZADO. OBRIGADO.

O BLOG CDD PRAZERES É ?

Seguidores

FIQUE SABENDO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise neste blog

Meu Banner/Link-nos

Tecnologia do Blogger.

SETOR DE REGISTRADOS.

EUDES ( IN MEMORIAN ) EUDES BARBOSA, FERNANDO ELOY , NATANAEL E WALTER.

CENTRO CULTURAL

Visitação:

Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262
– Bairro do Recife
50031-970 - Recife – PE
Telefone: 081 3224 5739 /
3424 1935
Fax: 081 3224 5739
e-mail:
centroculturacorreiosrecife
@correios.com.br

Funcionamento:

O Centro Cultural Correios recebe visitantes
de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 18h,
e aos sábados e domingos, das 12h às 18h.
Entrada franca.

ATENÇÃO

A EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS NÃO TEM RESPONSABILIDADE ALGUMA SOBRE TUDO O QUE É POSTADO NESTE BLOG. AS POSTAGENS SÃO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO PROPRIETÁRIO DO BLOG.

Postagens populares

PARCEIROS

TICKET ALIMENTAÇÃO

img-165x92





Heineken


DOUGLAS ( SAUDADES....)

DOUGLAS   ( SAUDADES....)
Douglas Marivel ( NOSSO ETERNO CARTEIRO)

JOSE LUIZ

UM ABRAÇO DE TODOS QUE FAZEM O CDD PRAZERES, FOI BOM TER TRABALHADO COM VC .NUNCA DESISTA DE SEUS SONHOS. SUCESSO NESTA NOVA ETAPA DA SUA VIDA , QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO.

Translate

Comunidade no Orkut

domingo, 27 de março de 2016

UCHO . INFO

Agora da para entender o porque da Gleisi Helena Hoffmann ( PT ) estar interessada na mudança do plano de correios saúde para o postal saúde.
Em uma publicação, em 15 de fev de 2014; Me recordo que estávamos em greve, a greve dos 43 dias a maior greve dos correios.
Gleisi Hoffmann (PT) disse: o beneficio saúde dos trabalhadores dos correios já foi privatizado porque o Governo Federal gasta o “absurdo” de R$1 bilhão por ano com a assistência à saúde da ECT e que é por gastos como esse que o governo não consegue fazer mais investimentos no Sistema Único de Saúde e que o objetivo do governo é estatizar (passar para o sus) já que o custo deste deste beneficio é muito grande.
A justiça demora mas não tarda mas esta ai, acredito que a publicação seja verídica.
Hoje o postal saúde gasta o dobro do que gastava no plano correio saúde, de acordo coma publicação que diz ESQUEMA DE PROPINA NO PLANO DE SAÚDE DOS CORREIOS.
Acredito que muita coisa vai ser revelada e que a justiça seja feita, doa a quem doer, quem deve tem que pagar.
Lava-Jato: esquema de propina no plano de saúde dos Correios respinga em…

FONTE-UCHO.INFO

FENTECT

PLS 555 passa no Senado, mas mobilização garantiu avanços

Entre eles está o fim da obrigatoriedade de transformação das estatais em sociedades anônimas
A votação do PLS 555, na noite desta terça, 15, no Senado, após intensas mobilizações que durante meses envolveram ações por todo o Brasil, reunindo vários setores da sociedade civil, encerrou o primeiro capítulo da luta contra o projeto privatista. A pressão sobre os parlamentares feita pelo movimento sindical e social e a entrada do governo na negociação levaram à construção de um substitutivo que resultou em avanços.
Para a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, Maria Rita Serrano, são pelo menos três os avanços a destacar. O primeiro é a retirada da obrigatoriedade de as empresas se tornarem sociedades anônimas; o segundo, o fim da exigência de as empresas não terem mais ações preferenciais e, finalmente, a aprovação de que o Estatuto das Estatais só será obrigatório para as empresas que tenham mais de R$ 90 milhões de receita operacional bruta. “Na comparação com o projeto original, conseguimos evoluir e brecar itens muito perigosos para as estatais. Tiramos leite de pedra, mas não acabou, a luta continua agora na Câmara dos Deputados”, afirma Rita.
Ela destaca ainda a importância da participação de senadores que se aliaram à luta contra o PLS 555, como os do PT, Lindbergh Farias, Paulo Paim, Gleisi Hoffman; do PCdoB, Vanessa Grazziotin; da Rede, Randolfe Rodrigues, e do PMDB, Roberto Requião. Entre as dezenas de entidades, as seis centrais sindicais que integram o comitê nacional, a Fenae, a FUP, Contraf e demais confederações, federações e sindicatos e categorias representados.
Os integrantes do comitê nacional farão uma avaliação geral do resultado obtido e a discussão de novas estratégias. As informações serão divulgadas neste site.
Veja, abaixo, os quatro pontos divergentes que foram debatidos no Senado. Os destaques integram as emendas de números 104 a 107, e tratam dos seguintes itens:
1 – a restrição à participação nos conselhos de administração e diretorias – que atinge trabalhadores e os que ocupam cargos de ministros e secretários de Estado;
Resultado: Destaque rejeitado. 
2 – a obrigatoriedade de ressarcimento, por parte do governo, de custos com políticas públicas.
Resultado: Suprimida a restrição que havia para ´ações da empresa fora da sua atividade econômica´ ou seja, as políticas públicas.
3 – a exigência de que 25% dos membros do conselho de administração sejam independentes
Resultado: Destaque rejeitado
4 – a exigência de que as empresas comercializem no mercado 25% de suas ações.
Resultado: Destaque rejeitado
(*) nesse item houve avanços, porque o texto original englobava todas as empresas; com a mudança, vale apenas para as listadas na Bolsa de Valores.

ENTENDA O PROJETO

O chamado Estatuto das Estatais é um substitutivo ao PL 167 de 2015, do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), e uma referência ao PLS 343, também deste ano, do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Sob pretexto da “transparência” na condução das estatais, o projeto traz em suas normas gerais a determinação de que “empresa pública e sociedade de economia mista serão constituídas sob a forma de sociedade anônima”. O projeto representa uma grave ameaça a Caixa, Correios, BNDES, Petrobras, empresas do setor elétrico, entre outras, e adota como premissa o modelo de Estado Mínimo, colocando em pauta a possiblidade de um recomeço nas privatizações ocorridas na década de 90.

Para FENTECT a luta continua junto ao trabalho desenvolvido pelo Comitê em defesa das estatais. Os trabalhos deverão ser centrados na Câmara dos Deputados onde a mobilização deverá ser intensa pra discutir os pontos que não foram consenso no Senado e prejudicial aos trabalhadores (as).

Conheça os apontamentos preocupantes do projeto:

Quem quiser rever toda a sessão que votou a PL 555:
Adiantar o vídeo para 4 horas.

Link para ver como votaram os Senadores quanto à Ementa 107, rejeitada, que
retirava as restrições a sindicalistas

Link para as emendas que foram submetidas à votação

quarta-feira, 23 de março de 2016

CORREIOS DO BRASIL - FUNCIONÁRIOS


Conselho deliberativo do Postalis aprova contribuição extra de 17,92%
Trabalhadores cobrirão rombo do fundo de pensão
Curta a página Correios do Brasil - Funcionários, acessehttps://www.facebook.com/funccorreiosbrasil
OGLOBO.GLOBO.COM

FINDECT


MENOSPOLITICA_MAISSUADE+findect 
O Presidente da ECT, Giovani Queiroz, contrariando seu discurso e práticas que vinha utilizando no início de sua gestão, substitui o atual Presidente da Postal Saúde, por um indicado político. Em uma atitude arbitrária, o Presidente dos Correios retirou do cargo um empregado de carreira, que em poucos meses de trabalho, em conjunto com toda a nova diretoria e o conselho deliberativo, vem buscando soluções e tomando ações positivas no combate a possíveis focos de corrupção, enriquecimentos ilícitos e gastos desnecessários.
O novo presidente, que já está em exercício nessa quarta-feira, 23 de março, é indicado político, portanto, não tem conhecimento da realidade dos ecetistas, tampouco o compromisso com a sua classe. Tal atitude, a de substituir um funcionário de carreira por uma indicação política, é uma afronta às propostas de reformas na diretrizes dos Correios, a fim de se buscar uma recuperação econômica, financeira e do clima de confiança nos Trabalhadores e Trabalhadoras. A FINDECT se posiciona contrária às indicações políticas, vivemos experiências recentes que comprovam que tal atitude somente traz prejuízos aos Trabalhadores e à Empresa.
Por não estarem de acordo com a decisão do presidente dos Correios, os conselheiros deliberativos da Postal Saúde, representantes dos Trabalhadores, Aposentados ativos e inativos, familiares e dependentes, se posicionam contrários a atitude. Acompanhe, abaixo, texto com a manifestação de repúdio à atitude, com a assinatura dos membros conselheiros citados no final da carta. Acompanhe:
carta_nomeacao_diretor_presidente_PostalSaude

BLOG DOS CORREIOS

Correios testa veículo elétrico para entrega 

de cartas e encomendas

Nesta terça-feira (22), os Correios receberam para teste veículo elétrico para a entrega de cartas e encomendas. Em parceria com a BYD do Brasil, a estatal fará a avaliação do furgão modelo T3, que foi cedido pela fabricante em regime de comodato e será utilizado durante três meses em Brasília (DF).
A entrega do veículo elétrico contou com a presença do presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, que recebeu as chaves das mãos da presidente da BYD Motors, Stella Li. “Temos a missão de diminuir em 20% a emissão de gases poluentes até 2020 e veículos sustentáveis vão ao encontro deste compromisso”, destacou Queiroz. O presidente do Conselho de Administração dos Correios e ministro das Comunicações, André Figueiredo, também participou do ato, bem como membros da diretoria-executiva e da CorreiosPar.
Impacto ambiental – Com capacidade para transportar até 800 kg de carga, o furgão T3 é equipado com bateria de íons de lítio-fosfato de ferro que possui vida útil superior a dez anos e autonomia de mais de 200 km, o que supera as distâncias percorridas na coleta e distribuição postais. O teste avaliará, além da eficiência no transporte de cartas e encomendas, a desenvoltura dessa alternativa limpa em relação a questões como abastecimento, autonomia e manutenção.
A parceria entre Correios e BYD do Brasil se soma às ações de gestão ambiental já em andamento pela estatal, como a aquisição de veículos elétricos de calçadão, o emprego de combustível biomassa em automóveis bicombustível e de diesel S-10 nos caminhões e furgões, além da utilização de milhares de bicicletas pelos carteiros de todo o País.
FONTE- BLOG DOS CORREIOS

TRIBUNAL HOJE

Correios tem déficit de 100 carteiros em Alagoas e Sintect aponta sobrecarga

Empresa pública propõe contratação temporária, entretanto categoria é contra

 / Tribuna Independente 23 Março de 2016 - 10:29

Foto: Sandro Lima
Para Altannes Holanda, trabalho excessivo é o que está provocando as licenças médicas dos profissionais
Para Altannes Holanda, trabalho excessivo é o que está provocando as licenças médicas dos profissionais
Os Correios em Alagoas estão atuando com um déficit de 100 carteiros. Em Maceió esse número é de 60. Esses dados são do Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos (Sintect) em Alagoas. Ao todo, a empresa possui mais de 1.200 funcionários no estado, sendo que desses, aproximadamente 650 são carteiros.
Segundo a assessoria de comunicação dos Correios em Alagoas, cerca de 80 carteiros estão afastados por motivo de doença ou férias. “Também temos alguns que se aposentaram. Mas nada está fora dos padrões de afastamento da empresa”.
Para Altannes Holanda, presidente do Sintect, a falta de carteiros é preocupante. O trabalho excessivo que os profissionais estão sendo submetidos para atender à demanda é que estão provocando as licenças médicas.
“Imagine você trabalhar carregando uma bolsa com 10 quilos em correspondências por cada trecho percorrido. Em média um carteiro percorre quatro trechos. São, portanto, 40 quilos por dia. Outro agravante, a falta de carteiros está provocando o acúmulo de material para ser entregue. Se num dia são 50 mil cartas, mas somente 30 mil são entregues, no dia seguinte serão 70 mil e assim por diante”, diz Altannes.
O presidente do Sintect também ressalta que a sobrecarga de trabalho está deixando os trabalhadores da empresa doentes e é isso que está provocando o alto número de licenças médicas. “Há unidades dos Correios que deveriam ter 25 funcionários, mas hoje só possuem 12. A sobrecarga é enorme e isso está deixando os trabalhadores doentes”.
Como proposta para preencher a lacuna de carteiros nas ruas, os Correios estão estudando a possibilidade de realizar contratações temporárias. A empresa explica que os afastamentos por doença não geram vagas e a ampliação do efetivo no estado depende da sede dos Correios em Brasília.
“Ainda está tudo em análise, mas a proposta é realizar a contratação de forma emergencial. E na medida em que os licenciados vão retornando, os contratados vão deixando de realizar os serviços”, explica a assessoria de comunicação dos Correios.
Para Altannes essa proposta é inviável, pois o correto seria a contratação do cadastro de reserva de um concurso realizado em 2011. De acordo com ele, são mais 200 pessoas aprovadas e que já realizaram os testes físicos.
“Essa proposta de contratação temporária, além de precarizar o trabalho, pois é subemprego, vai diminuir a qualidade do serviço, que já não está bom devido ao problema de efetivo. O correto é contratar o cadastro de reserva do concurso. A demora na contratação é tanta que já tem gente que passou em outro certame”, diz o presidente do Sintect.
GREVE
Até o momento não há o indicativo de greve dos trabalhadores dos Correios devido à sobrecarga de trabalho, mas a categoria deve aprovar o “Estado de Greve” em assembleia a ser realizada no início de abril.
“Essa situação não é só aqui em Alagoas e no dia 24 de abril uma paralisação nacional deve ocorrer. Aqui vamos aprovar o ‘Estado de Greve’ que é para ficarmos de stand by e, se for necessário, entramos em greve. Por enquanto nós estamos fazendo mobilizações nos Centros de Distribuição e alertando a população sobre o motivo da demora na entrega das correspondências”, diz Altannes.
FONTE- TRIBUNAL HOJE

EXTRA.GLOBO.COM


Postalis quer reduzir aposentadorias em 18%


Geralda Doca - O Globo
Tamanho do texto A A A
BRASÍLIA - O rombo acumulado do Postalis (fundo de pensão dos funcionários dos Correios) atingiu R$ 7 bilhões em 2015 e já representa mais da metade dos recursos necessários para honrar todas as aposentadorias atuais e futuras, se esse montante fosse trazido a valores de hoje. O fundo teria de ter R$ 11 bilhões para cobrir suas metas atuariais, pelo menos. Diante do buraco, a entidade e os Correios querem que os participantes paguem uma contribuição adicional de 17,92% por 23 anos para cobrir boa parte dos rombos anuais, registrados seguidamente desde 2012. Pela proposta, os aposentados terão, na prática, redução de quase 18% no valor de benefício no contracheque de maio. Quem está na ativa passará a recolher a mais o mesmo percentual.
A proposta será discutida na reunião do conselho deliberativo do Postalis, hoje, e tudo indica que os conselheiros eleitos pelos trabalhadores votarão contra. Diante do impasse, a decisão pode ser adiada para o fim deste mês. Este é o prazo limite dado pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), órgão que fiscaliza os fundos de pensão.
O Postalis é, hoje, a maior dor de cabeça para o governo, dado o tamanho do desequilíbrio. Se as partes não encontrarem uma solução, a Previc poderá ser obrigada a intervir no fundo, como prevê a legislação. Caso isso ocorra, a intenção, segundo um interlocutor, é encontrar uma alternativa para evitar a liquidação do plano — o que atingiria um universo de 100 mil trabalhadores. Por enquanto, prevalece o entendimento de que o fundo tem tempo para acumular recursos e se recuperar, pois há um contingente elevado de participantes na ativa.
— Esperamos que a patrocinadora (Correios) e a entidade cheguem a um acordo sobre o plano para equacionar o déficit — disse uma fonte do governo.
De acordo com a proposta da diretoria do Postalis, os trabalhadores dividirão uma conta de R$ 6,77 bilhões, resultado negativo acumulado até 2014. O déficit de 2015 não fará parte do plano de equacionamento, o que significa que a conta para os trabalhadores ficará mais salgada a partir do cálculo de 2016.
— Não concordamos em pagar mais, porque o governo e a patrocinadora indicaram as pessoas para administrar o fundo. Agora, querem deixar a conta do prejuízo para nós. Se for o caso, vamos entrar na Justiça — disse José Roberto de Santana Neto, funcionário dos Correios.
FUNDO É INVESTIGADO NA LAVA-JATO
Alvo da Operação Lava-Jato, o Postalis está na mira do Ministério Público Federal, da Polícia Federal e da CPI dos fundos de pensão. Parte do rombo pode ser atribuída a aplicações malsucedidas, como a compra de papéis da dívida da Argentina e da Venezuela, que viraram pó, e de fundos de investimentos que geraram prejuízos milionários. A atual direção da entidade entrou com ações contra o banco responsável (Bank of New York Mellon), na tentativa de recuperar R$ 2,2 bilhões.
Além do Postalis, o Portus (dos trabalhadores das companhias Docas), que já está sob intervenção da Previc, corre o risco de ser liquidado, diante da situação financeira grave: com quase dez mil participantes, o fundo acumula déficit de R$ 3,6 bilhões, que representa 97% dos recursos necessários para honrar seus compromissos. Também estão sob intervenção federal o Serpros (dos funcionários do Serpro) e a Capaf (dos trabalhadores do Banco da Amazônia — Basa).
A situação crítica não se restringe aos pequenos fundos. Os grandes, como Previ (dos funcionários do Banco do Brasil) e Funcef (da Caixa Econômica Federal) também estão sendo monitorados. Na Funcef, as partes fecharam um plano para equacionar parte do rombo de R$ 5 bilhões, com a contribuição adicional de 2,78% para os participantes a partir de maio.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/postalis-quer-reduzir-aposentadorias-em-18-18937704.html#ixzz43kORFkf5
terça-feira, 22 de março de 2016

CORREIOS DO BRASIL-FUNCIONÁRIOS


Giovanni Correa Queiroz adicionou 2 novas fotos.
1 h
 
Recebemos nesta terça-feira (22), da empresa BYD, em regime de comodato, um furgão elétrico para testes. O veículo tem capacidade de carga de 800 kg e autonomia de 200 quilômetros. A parceria vai ao encontro da nossa meta de reduzir em 20% as emissões de gás carbônico até 2020. O evento contou com a participação do presidente do CA dos Correios, ministro André Figueiredo, e da presidente mundial da BYD, Stella Li. Fotos: Felipe De Angelis.‪#‎correiossustentável‬.

SINTECT-PE

22/03/2016 15h30 - Atualizado em 22/03/2016 15h30

Paralisação nos Correios suspende entregas na RMR por 24 horas

Até quarta (23), produtos comprados pela internet não vão ser entregues.
Categoria pede segurança e melhores condições de trabalho.

Do G1 PE
Paralisação dura até quarta-feira (23) (Foto: Divulgação/Sintect-PE)Paralisação dura até quarta-feira (23)
(Foto: Divulgação/Sintect-PE)
Até quarta-feira (23), moradores da Região Metropolitana do Recife (RMR) vão ficar sem receber produtos adquiridos pela internet. O serviço está suspenso desde que os funcionários do Centro de Encomendas Especiais (CEE) Noroeste, que fica no bairro da Iputinga, Zona Oeste da capital, decidiram fazer uma paralisação de advertência de 24 horas.

A paralisação teve início às 8h30 desta terça (22) e vai até 9h de quarta. O centro dos Correios localizado no Recife faz a entrega de mercadorias compradas via internet a residências das cidades de Olinda, Paulista e Abreu e Lima. Além da unidade da Iputinga, há mais duas no bairro do Bongi, também na Zona Oeste da capital pernambucana, e em Jaboatão dos Guararapes.
Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores de Correios e Telégrafos em Pernambuco (Sintect-PE), Roberto Alexandre da Silva, a categoria reivindica mais segurança e melhores condições de trabalho. “Lá no setor mesmo, todo mundo entra e, como tem pouco funcionário, o serviço demora. Muitos já foram agredidos. Além disso, são 40 funcionários para um banheiro, que está quebrado há mais de um mês”, contou.
Ainda de acordo com o dirigente sindical, depois da mobilização desta semana, uma nova assembleia marcada para o dia 4 de abril vai discutir os próximos passos da mobilização. “Os funcionários dos outros dois centros vão participar”, afirmou.

Em nota, os Correios informaram que estão em constante diálogo com a representação sindical, por meio de uma mesa nacional de negociação permanente e de contato direto com a Diretoria Regional de Pernambuco. Ainda de acordo com a nota, a empresa está apurando se a paralisação atende aos requisitos previstos na Lei de Greve.
FONTE-SINTECT-PE

CORREIOS DO BRASIL


Contran exige exame toxicológico e FENTECT cobrará da ECT a responsabilidade pela taxa
A Resolução nº 517, de 29 de janeiro de 2015, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) exige, a partir do dia 31 de março de 2015, exame toxicológico para o motorista que for renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) C, D e E. Por isso, a assessoria jurídica da FENTECT sugeriu o encaminhamento de ofício à ECT questionando o pagamento das taxas necessárias à renovação da CNH de cada...
Ver mais
Curta a página Correios do Brasil - Funcionários, acessehttps://www.facebook.com/funccorreiosbrasil
FENTECT.ORG.BR|POR FENTECT

magazineozeiassantana

UNIÃO DE BLOGUEIROS EVANGÉLICOS









AJUDE - NOS A ENCONTRAR

.

DESAPARECIDOS

A TENDA NA ROCHA

HORÁRIO

SINTECT-PE

FONE 81-(3222-4002)
(3221-4054)
(3221-6459)
RUA DOM VITAL 73
SANTO AMARO- RECIFE-PE.

MAURICIO, CARLOS E OZEIAS.

MAURICIO, CARLOS E OZEIAS.

OCIOSO

Administre Suas Campanhas, Pague Por Clic e Lucre com MercadoAds.
www.MercadoLivre.com.br/MercadoAds

GUERREIROS -CDD PRAZERES

GUERREIROS -CDD PRAZERES

PLANETA VOLUNTÁRIOS

ASSÉDIO MORAL-DENUNCIE.

PARA REGISTRAR AS DENUNCIAS É SÓ LIGAR PARA O SINTECT - PE 3222-4042 QUE AS MEDIDAS CABÍVEIS SERÃO TOMADAS.

UOLHOST

CLICK A VONTADE

DIGNOW

a492a8bb-a331-468a-92ef-84b31e9b1606

APOSTE NA MEGASENA

Google+ Followers

Dicas para Blogs

NOTICIAS GOSPEL

Widget gerado por Gospel Prime

PLANETA VOLUNTÁRIOS

PARCERIA






AJUDE A MANTER O BLOG

FAÇA DOAÇÕES SEGURAS COM O PAG SEGURO.
Descontos de até 95% em até 10x. Garantimos o melhor preço. Confira!
SubmarinoViagens.com.br/Gol

DIGA NÃO A ESCRAVIDÃO


GUERREIROS POSTAIS

GUERREIROS  POSTAIS

GUERREIROS POSTAIS

MAURICIO,ANDERSON,IVAN,
OZEIAS,DENILSON AMANCIO
CRISTIANO,ERICSON,CICERO,
ROBERTO,THIAGO,
MARTINS,FELIPE,
ALBERTO,
CARLOS ANDRÉ,
MANOEL,BRUNO,JOSENILDO
,JOSEILSON,
LUCIVAN,AGUINALDO,CARLOS ROBERTO,SÉRGIO,
ANA,JÚNIOR,
CARLOS DOMINGOS,DENNYS,
JOÃO PAULO,PEDRO,RAFAEL,
PAULO , WELISSANDRO, JOSÉ CAVALCANTE,IVAN CABRAL , CLEVERSON LEMOS E AMARO CÉSAR.

TWITTER

SUGESTÕES

/blogcddprazeres.blogspot.com/

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email